Soluções globais para o monitoramento de processo em linha

Monitoramento da Cor de Cerveja ASBC / EBC

A Cor a Cerveja é Importante

O uso de colorímetros precisos antes do enchimento pode fornecer um controle da dosagem da cord a cerveja e um controle de qualidade com base em aspectos específicos da cor das marcas. Colorímetros de canal único ou duplo, configurados para controlar em comprimento de onda visível específicos, podem oferecer um monitoramento contínuo “inline” para minimizar as coletas de amostras, as análises laboratoriais. Uma impressão visual consistente do cliente final é tão importante quanto a possibilidade de identificação do produto.

optek AF26-VB Sensor de Absorbância de Canal Duplo com adaptador de Calibração

Cor do Mosto

A cor do mosto também é medida utilizando-se absorbância. No entanto, a cor da cerveja é medida utilizando-se a luz visível (VIS) a 430 nm. Na brassagem isto apresenta um problema pois a turbidez (sólidos) de fundo também absorve luz a 430 nm. Para compensar isto com a optek você pode medir em dois comprimentos de onda, um em 430 nm e um de referência em comprimento de onda NIR (Infravermelho Próximo).

Subtraindo o sinal da absorbância do canal de referência do canal primário, o sinal do canal visível dá uma medição da pura cora da cerveja. Este resultado é então correlacionado às escalas de cor ASBC ou EBC, utilizando as funcionalidades do software do conversor fotométrico C4000. O sensor fotométrico de absorbância de canal duplo da optek AF26 é ideal para esta aplicação. Simultaneamente, o canal de referência pode monitorar o Trub e a quebra fria, caso o AF26 esteja localizado estrategicamente após o resfriador de mosto.

Dosagem da Cor da Cerveja

optek AS16-VB-N Sensor de Absorbância de 1 Canal com adaptador de Calibração

A cor de algumas cervejas será ajustada usando o extrato do malte ou o a cerveja de malte de centeio por exemplo. A dosagem pode ser controlada usando um colorímetro optek. A cor da cerveja é medida e os sinais automatizados, isto é, relés, sinais analógicos de 4-20 mA, ou Protocolos de Comunicação, podem ser usados para disparar bombas ou acionar malhas de controle, para iniciar e controlar a dosagem da Cor no fluxo de cerveja. Após a dosagem, a cor pode ser verificada por um colorímetro secundário. A cor das cervejas escuras e brilhantes, bem como a cor da cerveja de alta gravidade após a mistura também podem ser controladas.

Detecção da Interface da Cerveja / Separação de Fase da Cerveja

Em processo, a detecção precisa da interface com um colorimetro VIS baseado em absorção (estilo sonda de inserção) de canal único é a técnica mais fácil e menos dispendiosa disponível para cervejeiros hoje para reduzir as perdas do produto. O AF26 também executa esta função. Numa grande fábrica de cerveja, o número total de operações de substituição por dia pode custar à cervejeira milhares de hectolitros de produto e subprodutos por semana.

Os fotômetros ópticos proporcionam uma resposta imediata às separações de fases da cerveja (transições), economizando até sete segundos por transição em relação a outras tecnologias de sensores. Em alguns casos, a seqüência de “pushout” de água pode significar desde a limpeza de toda a tubulação ou simplesmente introduzir uma pequena quantidade de água entre mudanças de marca ou até mesmo eliminar a etapa da água inteiramente através da detecção direta da mudança na cor da marca.

Na economia de hoje, recuperar este produto é essencial para manter o negócio rentável, porém os custos ultrapassam o produto isoladamente. A água, como o meio de expulsão, também é uma mercadoria e tem um custo inerente a adquirir e tratar. O produto e a água, juntamente com a levedura, indo inutilmente pelo ralo, são grandes contribuintes da planta de efluentes e dos custos para tratá-las. Os municípios também podem estar envolvidos, aplicando taxas para o volume de efluentes e até multas se os limites de carga de sólidos ou DBO forem ultrapassados. Controlar as funções de interfaces da planta não só faz sentido, como também é ambientalmente correto. Todos esses fatores contribuem para reduzir os custos por barril e garantir a qualidade consistente do produto.